Veja por que os cartões de crédito estão aumentando o comércio eletrônico brasileiro

Segundo a Associação Brasileira de Empresas e Serviços de Cartão de Crédito, os cartões de crédito são a opção de pagamento mais utilizada para compras online. Analisamos as razões por trás disso e por que os comerciantes de comércio eletrônico devem adotar cartões locais para impulsionar as vendas no Brasil.

A ascensão do cartão de crédito

Em 2009, os pagamentos com cartão de crédito, débito e pré-pagos representavam apenas 19,1% de todas as vendas online no Brasil. Como muitos outros países da América Latina, o dinheiro representava a maioria dos pagamentos. No entanto, os dados de 2019 sobre pagamentos online no Brasil, divulgados pela Associação Brasileira de Empresas de Cartão de Crédito e Serviços (ABECS), contam uma história totalmente diferente.

Agora, os cartões não representam apenas 41,5% das transações online, mas também são usados ​​com mais frequência do que nunca. Além disso, os pagamentos com cartão de crédito aumentaram 14,6% em 2019, atingindo um valor total de 246,1 bilhões de dólares (965,5 bilhões de reais).

Esses dados estão de mãos dadas com o crescente mercado de comércio eletrônico. O Brasil é um país de 209,3 milhões de habitantes, dos quais 70,7% têm acesso à internet. É o maior mercado único da América Latina, com receita de comércio eletrônico de US $ 28 bilhões em 2019 e mostrou crescimento consistente ano após ano.

Qual o tamanho do comércio eletrônico?

Claramente, o Brasil é uma perspectiva cada vez mais atraente para os comerciantes de comércio eletrônico. Mas o que mais o relatório da ABECS pode nos dizer sobre o crescimento do uso de cartões no Brasil? Bem, os comerciantes terão prazer em ler que os pagamentos com cartões devem atingir mais de,8 trilhão de reais em 2020. 

A frequência de uso do cartão também está aumentando. O relatório afirma que 95% dos clientes de comércio eletrônico usam um cartão todos os meses e outros 55% usam semanalmente. Esse aumento pode ser atribuído ao foco que o governo brasileiro teve no aumento da penetração dos pontos de venda digitais de cartões em todo o país. De fato, o Brasil agora tem mais máquinas de cartões por habitante do que o Canadá, a Austrália ou o Reino Unido.

Aproveitando o aumento dos pagamentos com cartão

No entanto, os comerciantes de comércio eletrônico que desejam entrar e tirar proveito desse mercado crescente devem estar cientes de algumas coisas primeiro. O simples fornecimento de opções de pagamento com cartão de crédito internacional (como Visa ou Mastercard) ainda não estará acessível para um grande número de clientes brasileiros. Muitos brasileiros têm cartões locais, emitidos por bancos brasileiros, em vez de comerciantes internacionais.

Apenas 22% dos cartões de crédito emitidos no Brasil estão habilitados para transações internacionais. Além disso, a maioria dos cartões locais permite apenas que o cliente pague em reais. O segundo fato importante a saber sobre pagamentos com cartão no Brasil é a popularidade das parcelas. Dado o poder de compra relativamente baixo de muitos brasileiros, as parcelas representam uma maneira popular de comprar itens de maior valor e pagar o saldo por um longo período de tempo.

Para os comerciantes de comércio eletrônico, eles aumentam o valor relativo e a frequência das vendas. Em 2017, 50,2% das vendas de cartões online foram quitadas. Optar por oferecer parcelas aos seus clientes aumentará o número de clientes que desejam comprar através do seu site. No entanto, também pode ser necessário determinar sua política de juros de acordo com seu agregador de pagamentos.

Garanta que seus métodos de pagamento sejam adequados ao mercado

Tendo em vista a natureza localizada e o estilo dos pagamentos com cartão no Brasil, os comerciantes de comércio eletrônico devem garantir que atendem a esses métodos de pagamento exclusivos para garantir o sucesso. Agregadores de pagamento, como o BoaCompra, podem orientar os comerciantes no processo de oferta e gerenciamento de pagamentos localizados. Dessa forma, você pode garantir que sua empresa ofereça opções adequadas à grande variedade de pessoas e culturas que o Brasil representa. Melhor ainda, você pode aproveitar o crescimento ano a ano no maior dos mercados de comércio eletrônico da América Latina.


Receba mais informações gratuitamente