Snowdonia, o segundo maior parque nacional da Inglaterra e do País de Gales

com apenas 26 mil habitantes, preserva grande parte de suas características originais. A vida selvagem é uma de suas maiores atrações e inclui aves raras, como o esmerilhão e a gralha-de-bico-vermelho. Snowdonia também possui duas espécies endêmicas – um lírio e um besouro.


A maioria dos visitantes é atraída pelas vistas imponentes, pelos ótimos passeios e pelo desafio de escalar Snowdon. A montanha é tudo o que resta de uma cratera vulcânica que chegou a ter o triplo da altura, mas ainda é o pico mais alto do País de Gales.

Os menos afeitos a exercícios físicos podem subir a bordo de um trem que para a 20m do cume, em frente a um bar onde se pode tomar uma xícara de chá e admirar a vista. Há várias outras montanhas na área tão espetaculares quanto e menos visitadas que Snowdon, como Carnedd Moel Siabod, Cader íris e Rhinogs.

O parque também possui muitos quilômetros de litoral, mangues e florestas de carvalho. Harlech é um dos melhores lugares para se hospedar, próximo à costa, com um esplêndido castelo e vistas de Snowdon.


SEVEN SISTERS, INGLATERRA

Seven Sisters (“Sete Irmãs”) é o nome dado às majestosas ondulações nos penhascos na costa sul da Inglaterra. Fragmentos de minúsculas algas marinhas e de conchas formaram penhascos submersos de calcário branco poroso entre 60 e 130 milhões de anos atrás.

Os penhascos de hoje se situam onde a cordilheira de calcário de South Downs, em Sus sex, encontra o cana) da Mancha. Rios antigos escavaram vales no calcário, criando as magníficas Seven Sister.s. Haven Brow, de 77m, é a mais alta. A seguir vem Short Brow, Rough Brow, Brass Point, Flagstaff Point, Bailys Brow e Went Hill Brow. O mar desgasta constantemente o calcário, solapando os penhascos e causando desabamentos periódicos de rochas.

Por isso suas encostas estão sempre se renovando, revelando um tesouro sem fim de fósseis, alguns deles completos. Caçadores de fósseis do mundo inteiro esquadrinham o cascalho e o calcário sob os penhascos em busca de braquiópodes, bivalves e equinóides. Os penhascos recuam de 30 a 40 cm por ano.

O número 7 ocorre com frequência em mapas topográficos de Saxon (o nome Sevenoaks, por exemplo). No caso das Sisters, porém, 7 é um número enganoso, já que existe um oitavo penhasco, o último da fila, menor e anônimo – a irmãzinha desconhecida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *